Revisões narrativas

Revisões narrativas em revistas médicas fornecem revisão atualizada que envolve uma questão específica ou questão relevante para a prática clínica na perspectiva de reconhecidos especialistas no tema. Embora revisão sistemática da literatura não seja necessária, as recomendações devem ser apoiadas com evidências atuais e baseadas em pesquisas recentes, revisões sistemáticas e diretrizes. Podem ser divididas por subtítulos específicos do desdobramento do tema principal. Redija o texto conforme descrito nas orientações gerais acima.

 

a) Deve ser redigida com resumo (em português e em inglês com até 300 palavras, em parágrafo único, e estruturado em: Racional, Objetivos, Métodos, Resultados, Conclusão, não contendo abreviaturas, siglas ou referências); o texto deve ser dividido em Introdução, Objetivo, Método, Discussão e Conclusão. É necessário inserir de 3 a 5 descritores no português e keywords no inglês que estejam contidos nos Descritores de Ciências da Saúde – DeCS (https://decs.bvsalud.org) ou no MESH (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/mesh  - (Atenção: não devem ser citados descritores e keywords que não constem nessas URLs).

b) Não há necessidade de aprovação por CEP (https://www.einstein.br/pesquisa/servicos/comite-etica-em-pesquisa/estudos-isentos-de-avaliacao-cep

Loading...